No passado dia 9 de março, a comunidade escolar da Escola Básica de Castro Marim procedeu à evacuação do espaço escolar, num exercício LIVEX, em virtude de um cenário de sismo seguido de incêndio. A estrutura interna de segurança foi célere em gerir um cenário simulado que se compunha de 15 feridos em diferentes estados de gravidade, dois focos de incêndio e a obstrução de diversos locais pela queda de objetos.
A comunidade escolar colaborou de forma pronta, seguindo as orientações fornecidas antes e no momento da ocorrência. A participação das forças de socorro no local, tanto como  intervenientes diretos no teatro das operações (uma vez que se tratou de um LIVEX) como no papel de observadores, foi uma mais valia para a preparação da estrutura interna de segurança desta escola. Em reunião de avaliação do exercício sobressaiu o facto de se verificar uma melhoria na articulação dos elementos da comunidade escolar e na sua preparação para fazer face a uma situação real que possa vir a acontecer.

A Equipa de Segurança.